Outubro Rosa: Oficina de culinária ensina pacientes a prepararem pratos leves e saudáveis

Campanhas do Outubro Rosa visam alertar mulheres sobre a prevenção do câncer de mama
5 de outubro de 2018
Brasília sedia I Congresso do Centro-Oeste de Cuidados Paliativos e Dor Oncológica
29 de outubro de 2018

Nesta última quarta-feira (24), o Instituto Onco-Vida/Oncoclínicas proporcionou uma tarde especial para as pacientes em comemoração ao Outubro Rosa. Elas participaram de uma oficina de culinária.

O evento foi na Fábrica Maria Amélia Doces e contou com a participação da anfitriã do espaço, a confeiteira Maria Amélia, do chef André Portela e da chef de cozinha vegana Renata Dias.

O encontro, segundo a Dra. Andreia Farias, oncologista clínica e superintendente executiva do Instituto Onco-Vida, trouxe alegria e prazer às pacientes que puderam aprender na prática a preparar comidas e sobremesas para quem está em tratamento de câncer de mama ou mesmo para quem já teve a doença. ” Melhor do que você comer com prazer, é você conseguir preparar um alimento leve, saudável e comer bem”, disse Dra. Andreia, reiterando que, quando se está passando por um processo de quimioterapia, o paladar tende a mudar muito. Por isso, proporcionar um momento de fazer um prato realmente gostoso e bem feito, é algo que anima as pacientes em tratamento.

A paciente Francisca das Chagas contou animada que, graças à oficina de culinária, pode interagir com várias pessoas e ainda aprender a fazer comidas saudáveis. “Eu vim mais na curiosidade de aprender a fazer a receita da carne de jaca vegana. Amei tudo que fizemos”, disse animada, sobre um dos segredos culinários que aprendeu na oficina. ” Ter a opção de fazer uma alimentação saudável e uma receita bacana já nos ajuda bastante”, concluiu Francisca.

Dona Maria Francisca, também paciente do Instituto Onco-Vida, falou sobre um importante aprendizado que levou da oficina: ” aprendi a comer bem e de forma saúdavel”, disse ela, afirmando que gostaria de repetir a o encontro mais vezes.

No cardápio especial, as pacientes aprenderam a fazer com o chef André Portela uma deliciosa bruschetta de manga no pão italiano e redução de balsâmico, e um filé de tilápia com molho de bluberries, cama de rúcula e batatas hassellback. Para sobremesa, o famoso brigadeiro da Maria Amélia e um delicioso bolo de banana, terminando com uma palha italiana vegana ensinada pela chef Renata Dias.

A nutricionista oncológica do Instituto Onco-Vida Oncoclínicas, Dra. Paulina Nunes, também participou da oficina de culinária e disse que é importante que as pacientes tenham uma alimentação mais saudável e balanceada. “ Dá para sair da rotina, com alimentos saudáveis e diferentes”, destacou a nutricionista.

Ainda de acordo com a Dra. Andreia Farias, a ideia da oficina foi também para reforçar com as pacientes que o câncer de mama, com um diagnóstico precoce é curativo e que multiplicar essa informação é fundamental, terminou Dra. Andreia Farias.