Especialidades

 
A Oncologia é a especialidade médica que estuda os tumores, que podem ser benignos ou malignos. A palavra Oncologia tem origem grega: “oykos”= volume, tumor e é um ramo da patologia que estuda as neoplasias. Os tumores podem estar localizados ou invadir outros tecidos, podendo disseminar-se por todo o corpo. A Oncologia está voltada para a forma como o câncer se desenvolve no organismo e qual é o tratamento mais adequado para cada caso. No Brasil a Oncologia é também chamada de Cancerologia.
A cirurgia oncológica é uma das ferramentas mais importantes no tratamento do câncer. Trata-se da retirada do tumor, obedecendo a todos os princípios oncológicos que envolvem: a sabedoria sobre a doença e seu desenvolvimento, a retirada do tumor com os cuidados necessários para não deixar que a doença se espalhe durante o ato cirúrgico, a retirada de todos os locais para onde a doença possa ter se espalhado, incluindo linfonodos e, em alguns casos, outros órgãos.
Hematologia é o ramo da medicina que tem como função o estudo do sangue, seus distúrbios e doenças. Estuda seus elementos figurados como os glóbulos vermelhos (hemácias), glóbulos brancos (leucócitos) e plaquetas, além de estudar os órgãos onde são produzidos, como a medula óssea o linfonodo e o baço.
A mastologia ou senologia é especialidade médica que se dedica ao estudo das glândulas mamárias. O mastologista é o especialista que estuda, previne, diagnostica, trata e reabilita todas as doenças da mama.
A Infectologia é a especialidade médica que aborda as doenças infecciosas e parasitárias, sejam estas causadas por vírus, bactérias, fungos, protozoários e helmintos.
O geneticista é o pesquisador que se dedica ao estudo da genética – disciplina o campo biológico que procura compreender os genes, o mecanismo de transmissão das características hereditárias e a multiplicidade dos seres vivos. Este profissional pode investigar novos meios de diagnosticar doenças e outras metodologias que contribuam para reconhecer pacientes atingidos por distúrbios genéticos; trata disfunções e moléstias, escolhendo os melhores procedimentos para preveni-las e combatê-las. Tendo um conhecimento aprofundado dos órgãos, sistemas e aparelhos do corpo humano, faz diagnóstico, pede exames, prescreve medicamentos e realiza cirurgias.
A Psicologia Clínica trata da investigação, da avaliação, do diagnóstico, do prognóstico, do tratamento, da reabilitação e da prevenção das questões que afetam a saúde mental. Trata-se de um ramo da psicologia que versa sobre as condições que possam causar mal-estar ou sofrimento às pessoas.
 O câncer da pele é o tipo mais frequente no Brasil. Por isso, faz-se necessário a prevenção. A Dermatologia Oncológica tem como objetivo o diagnóstico, tratamento e prevenção deste tipo de câncer. O dermatologista é o profissional que reconhece os primeiros sinais de alerta para o câncer da pele, identificando lesões suspeitas. O diagnóstico pode ser por imagens e exames não invasivos, como o mapeamento corporal total e a dermatoscopia digital, que são medidas usadas para mapear áreas e lesões suspeitas, mesmo aquelas que nem podem ser vistas a olho nu.
 A Proctologia é a especialidade médica que diagnostica e trata as doenças que acometem a porção terminal do aparelho digestivo, o cólon, o reto e o ânus. É conhecida também como coloproctologia. Embora a Proctologia cuide de doenças relacionadas a partes muito íntimas do corpo humano, a consulta regular ao médico e a realização de exames preventivos é de extrema importância, pois o câncer intestinal pode permanecer silencioso por algum tempo e é um dos que mais matam.
O Pneumologista é o médico especialista em doenças do sistema respiratório, com foco para as doenças pulmonares. As doenças mais comuns são asma, tuberculose e pneumonia. Esse médico atende pessoas de todas as idades, mas também pode se especializar nas doenças que acometem certa faixa etária. Esse profissional pode trabalhar com reabilitação e desobstrução pulmonar através da fisioterapia, além da possibilidade de abrir o seu próprio consultório.
A Nutrição em Oncologia tem como objetivo dar ao paciente melhor resposta e tolerância ao tratamento clínico escolhido, manter ou recuperar o estado nutricional, diminuir sintomas do trato gastrintestinal, melhorar a imunidade e oferecer melhor qualidade de vida. Cada paciente é avaliado de forma especifica levando em consideração seu histórico, estado clínico, doenças pregressas, possíveis alergias e intolerâncias alimentares, consumo alimentar, diagnóstico nutricional e alterações fisiológicas e mecânicas do aparelho digestório, sinais e sintomas da doença, medicações prescritas, tratamento clinico escolhido, reações adversas e exames laboratoriais. O acompanhamento nutricional torna-se então, um forte aliado durante o tratamento do paciente.
A Oncopediatria é uma das especialidades médicas voltada aos cuidados especiais ao público infantil. O Instituto Onco-Vida dispõe de um espaço pensado especialmente para os pequenos, para que o tratamento seja resolutivo. Isso possibilita o bem-estar do das crianças e faz com que a chance de cura seja cada vez maior.
A Ginecologia é a área da medicina que estuda o aparelho genital feminino: ovários, trompas, útero, vagina e vulva. A Ginecologia Oncológica trata os cânceres na mulher, os que acometem os órgãos genitais internos e externos. Os cânceres mais frequentes são colo do útero, corpo do útero (endométrio) e ovários. Estão ligados ao estilo de vida e também têm fatores hereditários. Por isso a importância da visita regular ao médico para o diagnóstico precoce.
A Fisioterapia Oncológica é um dos procedimentos que estão sendo adotados no tratamento do câncer, tanto no pré e no pós de uma cirurgia. Esse recurso pode ser utilizado em todos os casos, como nos câncer de mama, tumores de cabeça e pescoço, além dos relacionado ao sistema músculo-esquelético. A Fisioterapia pode ser fundamental no tratamento do paciente com diagnóstico de câncer ao oferecer acompanhamento às diversas alterações que podem ocorrer, mesmo diante de muitos comprometimentos que se apresentam, como: edema de membros, alterações musculares, constipação, alterações neurológicas, alterações respiratórias, dores musculares por disfunções posturais, dores teciduais e cicatriciais e dores tendinosas e articulares, alterações ósseas, alterações circulatórias (flebites, linfangites, alterações linfáticas), alterações vasculares em membro superior após aplicação da quimioterapia.
 A Endocrinologia é uma especialidade que estuda as ordens do sistema endócrino e suas secreções específicas, chamadas de secreções fisiológicas. As principais áreas de atuação do especialista são: o tratamento do câncer, da obesidade mórbida, desordens da glândula hipófise, alterações do ciclo menstrual, tratamento e acompanhamento de pacientes diabéticos e outras doenças relacionadas com a deficiência ou o excesso de suco gástrico.